Núcleo de Pesquisa e Estudos Hospital Arquitetura
Tel.: 11 5584-5277
nupeha@hospitalarquitetura.com.br
© 2019 by PUBLICANDO
Ícones por: "Research" de monkik; "Architecture" de Saeful Muslim mais em Noun Project.

Design clínico

Melhorar a atenção e cuidado individualizado, a comunicação interativa médico, paciente, familiar e democratizar a informação no ambiente de saúde.

Aumentar os resultados positivos na atenção ao paciente, a produtividade e o fluxo de trabalho.

A melhoria do espaço físico levando em consideração a experiência do paciente.

Em parceria com:

Envelhecimento

Gerenciar as necessidades do envelhecimento da população. Os avanços científicos e tecnológicos estão mudando a saúde para melhor, dando profissionais de saúde – médicos e designers - novas maneiras de fornecer modelos flexíveis de atendimento e ajudar os indivíduos a envelhecer com autonomia, privacidade e interação social.

Ruído no ambiente de saúde

O ruído afeta a segurança e a saúde do paciente. Interfere na comunicação, desvia a concentração, cria distrações e contribui para o estresse e a fadiga. Pode afetar negativamente a cicatrização, alterar a qualidade do sono e reduzir a satisfação geral percebida do paciente. Os pacientes frequentemente se queixam dos níveis de ruído durante a internação, mas existem muitas intervenções disponíveis para garantir um ambiente mais saudável e confortável.

Em parceria com: 

Avaliação Pós Ocupação

Subsídios para corrigir sistematicamente as falhas, aferir acertos e definir diretrizes para novos projetos, identificando principais problemas e patologias dos edifícios, revisão de parâmetros e metodologias de projeto e obra.

Em parceria com: 

Contaminação e Controle de infecção

Infecções associadas aos cuidados de saúde e outras doenças facilmente transmissíveis são uma preocupação séria na maioria das instalações de saúde hoje.

A implementação de práticas recomendadas mais recentes para ambientes físicos de saúde pode ajudar a minimizar o impacto nas pessoas e obter melhores resultados no combate a infecção.

Em parceria com: 

Ambientes Seguros

Componentes de riscos em ambientes de saúde.

Segurança na saúde é complexa e requer abordagem sistêmica: segurança contra incêndio, sustentação a vida, segurança no contexto de eventos graves e condições adquiridas em hospitais. Muitas vezes o ambiente é negligenciado.

Ambientes de saúde mal planejados contribuem para danos associados a eventos adversos, como infecção hospitalar, erros de medicação, lesões por manipulação do paciente, quedas, autoflagelação, violência contra terceiros, LER e acidentes de trabalho.

Ambientes saudáveis

O uso permanente de materiais tóxicos e perigosos nas instalações de saúde representa uma séria ameaça aos usuários.

Incorporação recursos de design sustentável e bioclimáticos para melhorar a saúde das pessoas, aumentar a eficiência da equipe e reduzir o consumo de recursos.

Em parceria com: 

Espaços Otimizados

Estudo de fluxos de pessoas, informação, medicamentos, alimentação, material de higiene, rouparia e equipamentos. Recolha, guarda, estocagem, armazenagem e descarte.

Em parceria com: 

Ambiente Tecnológico de saúde

Sala de choque, sala híbrida, hemodinâmica, radioterapia, braquiterapia, medicina diagnóstica.

Suporte tecnológico aos cuidados centrados no paciente integrados ao design dos ambientes para garantir funcionamento adequado a padrões previamente definidos de forma segura, eficaz e eficiente com retorno de investimentos.

Ambientes de saúde humanizados

O espaço físico do Parto e Nascimento Humanizado

Humanizar ambientes de saúde com elementos inerentes a própria arquitetura como janelas com abertura para o mundo exterior devido a sensação intensa de institucionalização que tantos os pacientes como funcionários possuem. Jardins, ergonomia, flexibilidade de layout, entre outros.

 

Espaços adequados para que a mulher exerça sua autonomia durante todo o processo, permitindo um acompanhante, democratizando a informação sobre todos os procedimentos a que será submetida, garantindo o respeitar a todos os seus direitos de cidadania.

Em parceria com: 

Comunicação efetiva em ambiente de saúde

Comunicação clara entre provedores e pacientes, interação significativa entre paciente, médico e familiares, informação democratizada na sala de consulta, comunicação clara e de construção de consenso no ambiente de saúde, apoiada pelo design do ambiente e tecnologia da informação.

Em parceria com: 

Estudos avançados de arquitetura de saúde

Liderar e guiar a evolução dos edifícios para a saúde, alcançar o campo da pesquisa científica descritiva e aplicativa para criar um futuro mais seguro e saudável, fomentar estudos avançados que forneçam suporte as decisões projetuais arquitetônicas sobre problemática de edifícios para a Saúde.