Buscar
  • NUPEHA

Ebserh avança na infraestrutura dos hospitais com novo manual e modelo de contrato de manutenção

Ações buscam a modernização das áreas e dos processos relacionados a essa atividade

ações com foco na reestruturação dos hospitais universitários fazem parte das metas estratégias da Rede Ebserh


A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - Ebserh deu início à criação de um modelo de contrato e um manual de gestão da manutenção predial que serão implementados nos 40 hospitais universitários federais vinculados à estatal. A expectativa é reduzir os custos com manutenção predial, garantir a padronização e a qualidade na prestação dos serviços e na preservação da segurança dos usuários, sistemas e das edificações, além de padronizar requisitos, especificações técnicas, critérios de medição e instrumentos de avaliação da qualidade dos serviços prestados. A previsão é de que o manual seja publicado no início do segundo semestre e o novo modelo de contratação seja implementado como piloto em cinco hospitais da Rede no final deste ano.


A estatal é vinculada ao Ministério da Educação (MEC), tendo como uma das suas atribuilções a adequação da estrutura física dos hospitais universitários federais, devendo mantê-la em constante desenvolvimento. Para isso, ações de manutenção predial e melhoria dos espaços físicos são fundamentais na busca por modernização das áreas e dos processos relacionados a essa atividades. Fazem parte das melhorias implementadas:


1) Elaboração de um modelo de contratação para os serviços de manutenção. A próxima etapa, iniciada neste ano e prevista para terminar em dezembro de 2022, é a implantação desse modelo de contratação como piloto em cinco hospitais da Rede Ebserh, sendo um em cada região do país. A expectativa é que este modelo reduza os custos com manutenção predial, garanta a qualidade na prestação dos serviços e a preservação da segurança dos usuários, sistemas e das edificações, além de padronizar requisitos, especificações técnicas, critérios de medição e instrumentos de avaliação da qualidade dos serviços prestados.


2) Elaboração do Manual de Gestão da Manutenção Predial da Rede Ebserh, com previsão de publicação no início do segundo semestre desse ano. O Manual tem o objetivo de nivelar e alinhar práticas de manutenção padronizadas quanto as ferramentas de planejamento, fiscalização, controle e gestão dos recursos investidos na conservação e funcionalidade dos ativos em todos os hospitais da Rede Ebserh. O documento qualifica o conteúdo abordado como modelo de referência, tendo como princípio a definição das melhores práticas para toda a Rede Ebserh.


3) Contratação de um sistema de gerenciamento de manutenção computadorizado, ou CMMS (do inglês Computerized Maintenance Management System). Além das licenças de software, a contratação prevê ainda serviços de implantação, migração de dados, treinamentos, hospedagem, suporte técnico e cadastro de ativos de infraestrutura física predial. A expectativa é que o sistema gere benefícios como a implantação de indicadores de desempenho, monitoramento da atuação dos Setores de Infraestrutura Física pela Diretoria de Administração e Infraestrutura, automatização de fluxos de trabalho, reduzindo a intervenção manual, redução de retrabalho e inconsistências entre as informações, substituição de controles manuais, geração de relatórios, bem como monitoramento em tempo real do fluxo de trabalho por meio de dashboards, dentre outros.


Para saber mais sobre essas estratégias que estão sendo estudadas e implementadas pela rede Ebserh, acesse a notícia completa aqui.


Fonte: Portal de Notícias do Ministério da Educação - Governo Federal.

115 visualizações0 comentário